Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




30 por uma linha.

por marilynrosecollins, em 19.08.15

Trinta por uma linha e sempre me viraste do avesso. É isso que tu me fazes. Vais, deixas-me aqui sem ti durante um tempo, na incógnita se voltarás ou será desta vez que terei de seguir a minha vida sem o teu lindo sorriso. Depois voltas de mansinho, com as tuas palavras aleatórias e a tua maneira de ser tão tua. E eu volto para ti. A magoa, a tristeza e a incerteza abandonam-me e eu volto. Deixo tudo para trás e volto. Volto porque o meu querer é maior que o orgulho que me habita e o desejo de ti é maior que a raiva que me fazes sentir por vezes. Volto sempre. Quero-te sempre aqui, tirando-me do sério, fazendo-me respirar com dificuldade com apenas uma mensagem, fazendo as minhas pernas tremerem com o teu toque, dando-me facadas com os teus beijos. Quero sentir-me sempre assim, sabendo que sou tua e não sabendo se algum dia saberás isso. Viras-me do avesso, amor. E eu gosto.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Tu e a chuva

por marilynrosecollins, em 09.01.15

Recordações. Tantas e tantas.

Noites em que a chuva nos batia nas janelas e a saudade dos batia nos peitos. A vontade apoderava-se dos nossos corpos e nem mesmo uma tempestade nos fazia desistir da necessidade de nos encontrarmos.

Encharcava-me pelas ruas apertadas só por um abraço quente vindo do teu calor corporal. O som da chuva forte era completamente superado pelo som dos nossos beijos. E ficávamos ali, em silêncio, abraçados a ouvir aquele som tranquilizante. Um sorriso surgia nos meus lábios. Era duas terapias numa só. Tu e a chuva. A chuva e tu. O amor e a chuva.

Mas as tempestades não duram para sempre. Chegam, arrasam com tudo o que apanham pela frente, mas acalmam. Assim foi o nosso amor. Chegou, arrasou com o meu coração e acalmou. Passou. Nós passamos. Nós fomos uma tempestade.

Amo a chuva.

Amo-te a ti.

Queria que a chuva deste inverno te trouxesse com ela.

Autoria e outros dados (tags, etc)


...

por marilynrosecollins, em 17.04.14

Momentos, escolhas. São essas duas “coisas” que nos levam pelo caminho da vida. Um caminho tão complexo que necessita de perícia e força para ser enfrentado. É quando as coisas não correm do modo que desejamos que precisamos de mais força.

Foste, deixaste-me aqui sozinha. Não te censuro, foi um momento que te levou a escolher que não me querias na tua vida. Vês como tudo não passa de momentos e escolhas?

Quis que fizesses parte do meu ser, parte da minha vida. Vê o final triste que tivemos… Somos tão compatíveis e tão incompatíveis ao mesmo tempo. Eu já sabia disso.

Eu fiz a escolha de te acolher no meu caloroso coração, tu fizeste a escolha de me fechar a porta na cara.

Quem errou? Alguém terá realmente errado? São escolhas. Não passam de escolhas.

Não fiquei surpreendida com a tua partida. Não posso mentir ao dizer que não fui invadida por uma tristeza torturante que insiste em viver dentro do meu peito, mas sabes de onde vem a força que me faz dar um passo de cada vez para te esquecer e ultrapassar? Vem de dentro! Vem do poder que os meus sonhos têm sobre mim.

Foste um sonho que não consegui alcançar. Fracassei. Mas sabes que mais? Tenho em mim todos os sonhos do mundo.

Só espero que as escolhas que irei tomar no futuro não me levem a mais um fracasso como tu. Quero alcançar uma vitória.

Dá-me um momento para escolher deixar-te ir do meu coração.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


Lembra-te de mim.

por marilynrosecollins, em 21.02.14

Lembra-te de mim.

Lembra-te de mim com um sorriso.

Lembra-te de mim com carinho.

Lembra-te de mim sem raiva.

Lembra-te de tudo.

Lembra-te da minha boca.

Lembra-te da minha voz.

Lembra-te das minhas mãos.

Lembra-te do meu toque.

Lembra-te da minha respiração débil.

Lembra-te das minhas birras.

Lembra-te dos meus ciúmes como uma piada.

Lembra-te das piadas nada oportunas a rir.

Lembra-te das noites abraçados no escuro.

Lembra-te dos carinhos.

Lembra-te das longas conversas.

Lembra-te do meu coração a bater contra o teu peito.

Lembra-te do meu olhar a penetrar o teu.

Lembra-te de todo a amor que te tentei dar e tu nunca o conseguiste receber.

Lembra-te de mim.

Eu lembro-me de ti.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


Viver

por marilynrosecollins, em 18.12.13

Tenho medo.

Quem me diz que amanhã cá estarei? Pois, ninguém mo pode prometer. Tenho medo de deixar coisas por dizer, que são tantas. Tenho medo de não conseguir fazer tudo aquilo que quero com a minha vida. Tenho medo de que as pessoas que mais amo neste mundo não o saibam. Tenho medo de nunca pedir desculpa a pessoas que merecem o meu pedido de desculpas. Tenho medo de morrer sem saber que algum dia fui verdadeiramente amada. É ridiculo, eu sei. Mas é o meu maior medo.

Quantas vezes quisemos beijar aquela pessoa e não o fazemos por receio? Quantas vezes a palavra "amo-te" estava na ponta da nossa língua e não a deixamos sair por medo? Quantas vezes deixamos que o orgulho se sobreponha a uma grande amizade? Quantas vezes tratamos os nossos pais a baixo de cão? Ás vezes eles nem têm culpa...

São coisas que devíamos repensar e mudar nas nossas vidas. Afinal, devemos tratar bem as pessoas de quem gostamos e devemos fazer as coisas sem medos. Se correr mal, olhem, ao menos tentámos. E não nos vamos sentir mal, porque vamos ter mais coragem do que muitas pessoas no mundo.

É preciso que a morte nos bata à porta para que nos arrependa-mos daquilo que não fizemos ou fizemos? Não. Não quero isso. É por isso que vou viver, viver intensamente. Aproveitar cada minuto da minha vida como se fosse o último, porque afinal de contas, eu não sei quando será o meu último minuto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


TAG: Maravilhas de um Inverno Literário

por marilynrosecollins, em 18.12.13

O Parasita identificou-me nesta TAG e decidi fazer-lhe a vontade.

 

As perguntas:

1. Que livro é tão feliz e doce que te aquece o coração?
2. Qual é o teu livro preferido com uma capa branca?
3. Estás sentado/a confortavelmente, tapado/a com uma manta, a beber um delicioso chocolate quente, e a ler um livro MONSTRUOSAMENTE GRANDE. Que livro é esse? 
4. Começou a nevar lá fora, então decides fazer uma luta de bolas de neve! Com que personagem fictício adorarias estar a lutar?
5. Infelizmente, a tua lareira está a começar a extinguir-se. De que livro arrancarias os últimos capítulos para atear o fogo?

6. Que livro te é tão próximo do coração que o oferecerias a alguém no Natal que não lê mas quer entrar no universo das leituras?

 

As minhas respostas:

 

1- Esta é uma pergunta um pouco complicada para mim, visto que maior parte dos livros que leio são romances. Mas a minha escolha para esta primeira pergunta é o "Milagre" de J.R. Palácio. É um livro que me encheu o coração de doçura do inicio ao fim.

2- Visto que tenho apenas dois livros na minha estante com a capa branca, um clássico e outro da minha poetisa favorita, vou optar por o "Sonetos" de Florbela Espanca. Essa diva que tanto admiro e venero.

3- O livro monstruosamente grande que escolhi para esta pergunta é o "Inferno De Gabriel" que também adorei. Todo o enredo e a história em volta dos protagonistas apaixonou-me. 

4- Oh my god, esta é super fácil. Claro que seria com o meu Augustus do meu livro favorito, "A Culpa É Das Estrelas" de John Green. O Gus é um personagem super querido para mim, e seria com ele que brincaria na neve, sem sombra de duvida.

5- Não arrancaria só os últimos capítulos, era o livro todo. E seria "Os Maias" de Eça De Queiroz. Porquê? Porque tenho de ler esse livro nestas férias e a vontade é nula. Assim teria uma desculpa para não o ler.

6- Já recomendei este livro umas quinhentas vezes, porque sendo o meu favorito, quero que toda a gente se apaixone por ele. Mais uma vez, a minha resposta vai para o "A Culpa É Das Estrelas" de John Green.

 

Obrigada ao Pedro por me ter identificado. Foi muito divertido responder a estas perguntinhas.

Façam-no também.

Boas leituras e "escrituras".

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


Chegou!

por marilynrosecollins, em 17.12.13

O presente da minha amiga secreta já chegou. Devo confessar que não conhecia o livro mas já tinha o filme para ver no meu site de filmes. Fiquei contente com a escolha da minha amiga secreta, pois parece-me um óptimo livro.
Obrigada Hipster Karenina pela fantástica escolha.
Vai ser uma das minhas leituras nestas férias.
Boas leituras.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Dicas para o meu amigo secreto

por marilynrosecollins, em 01.12.13

Recebi um comentário a pedir dicas para o que gostava de receber no amigo secreto. Claro que não vou dizer o que gostava mesmo de receber, pois perdia a piada.

O que posso dizer para ajudar o meu amigo secreto são os livros que mais gostei.

1- A Culpa É Das Estrelas - John Green

2- Milagre - R.J Palacio

3- Saga Crossfire - Sylvia Day

4- O Amor É Fodido - Miguel Esteves Cardoso

5- Uma Casa Na Escuridão - José Luís Peixoto

6- Saga 50 Sombras - EL James

Como podem verificar, o meu gosto literário é muito diversificado.

Deixo aqui o meu tumblr para perguntas directas: nadiasofiap.tumblr.com

Autoria e outros dados (tags, etc)


Dicas sobre o meu amigo secreto

por marilynrosecollins, em 26.11.13

Como já referi aqui no blog, inscrevi-me na iniciativa do Amigo Secreto. Venho hoje dar as dicas sobre o meu amigo secreto:

 

1- Tem um gosto diversificado

2- Lê em inglês

3- Temos gostos em comum

 

São estas as minhas pistas. Não podemos ser muito óbvios, pois a piada do amigo secreto é ser secreto.

Divirtam-se!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Amigo Secreto Literário

por marilynrosecollins, em 19.11.13

Um grande amigo meu desafiou-me para participar no Amigo Secreto Literário que A Mulher que Ama Livros organizou. Achei um ideia super gira e decidi inscrever-me. Hoje recebemos os nossos amigos secretos e estou curiosa por saber o que irei receber.

Agora é saber o que enviar ao meu amigo secreto.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.