Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Perdidamente Florbela

por marilynrosecollins, em 18.11.13

" – Escreve!

– Não posso.

– Podes...

– Como é que eu posso escrever? Eu não sei nada. E tu levaste-me tudo.

– Os mortos não levam nada.

– Mas dói tanto...

– Tem que doer... Se não doer como é que sabemos que estamos vivos? "

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor