Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





140km

por marilynrosecollins, em 19.11.13

Sigo a 140km na estrada até casa. Fecho os olhos e as minhas fiéis amigas lágrimas estão de volta. Paro o carro na berma da estrada e choro. Não consigo aguentar mais. Choro compulsivamente deixando que os soluços do meu choro ecoem por o carro, sobrepondo-se ao som da música vinda do rádio. A minha mente está confusa. O meu coração destruído. Eu tinha-lhe pedido. Eu tinha-lhe pedido para não me enterrar. Eu pedi-lhe! E ele o que fez? Precisamente o que eu lhe pedi que não fizesse. Pedi-lhe que não me deixasse sozinha comigo mesma. Eu pedi-lhe! Senti-me a morrer quando ele partiu. Senti na minha alma, nos meus ossos e no meu coração que tinha perdido. Senti-me num precepicio no qual estava a descer a pique. Tive medo. Tenho medo!

O meu coração diz-me para não ter. Diz-me que vai correr tudo bem. Quero acreditar. Mas as suas palavras da minha mente não desaparecem. 

" Tenho de ir. Não vou voltar. " 

Destruíste-me. Levaste-me ao fim de uma estrada. Levaste-me ao fim da vida. Acabas-te com o meu infinito. Deixaste-me a sós com os meus demónios. Levas-te tudo contigo. A esperança, o amor, a alegria. E tudo o que deixaste foi tristeza, desilusão e medo.

Enterraste-me viva.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.